domingo, 26 de setembro de 2010

Aos passos lentos sigo à espera de um convite animador. Sinto-o no ar. Nas pontas dos dedos e vejo as calçadas por onde você deixa seus passos. Abraço seu travesseiro e olho ao fundo nos seus olhos cheios de expectativas. Vejo-o dormir. Encaro seus chinelos no chão. Me deito. Levanto. Te encaro. Deito novamente. Penso em outra cama. Outra pessoa. Outra cortina. Outros olhos de afeto. Peço uma bebida forte onde eu possa afogar minhas confusões. Peço pra que vá embora, e que não me procure mais. E sem remorso você deixa o seu amor, vivendo das lembranças de nós dois (...)

Louanny Cury.

3 comentários:

  1. Isso sim dá gosto de ler... um colírio para os meus olhos... como sempre perfect!!!! Bjos.

    ResponderExcluir
  2. Meu , seu blog é perfeito . Li muuuuuito ontem a noite, nem sei quantas postagens eu Li .
    vc escreve demais , !
    =*

    ps . estarei seguindo a partir de hoje !

    ResponderExcluir
  3. Oi cabeludinha ... Passei aqui para postar um comentário a este post ... a moça acima do meu já falou um pouco que eu queria falar, tu escreve d+++ , nesse post, em algum instante me senti nessa sua narração . Bom se cuida , e continue sendo o que escreve .. Porem nao vá embora , porém supre minha carencia , porém , porém , porém .. quem pode explicar esse porém .. acho que somente voce huaahu .. viagei ... mais esse e meu comentario ,,,, te e gente boa huauhahu :)

    ResponderExcluir