terça-feira, 11 de maio de 2010

Meus olhos fixados a sua imagem ardem ao te relembrar. Eles lacrimejam quando escutam o seu nome. E em algum momento essas lágrimas parecem que irão cair sobre minha pálida face. Mas ao fundo eu sei a falta que você não me faz. É como me olhar no espelho e não conseguir enxergar meu reflexo. Seu reflexo nos meus olhos. É como uma nova página, em branco. É como uma história, sem passado. Sou eu e meu futuro, pra lá de promissor (...)

Louanny Cury.

Nenhum comentário:

Postar um comentário